“A porcaria que faz a opinião de quem nada sabe”

Passou-se isto num final de tarde de Verão. Estava em Campanhã a fazer horas para apanhar o meu comboio que me levaria a Caíde onde eu tinha deixado o meu carro pela manhã. Toda a estação estava travestida de final de dia: as pessoas tinham um ar cansado, traziam sacos de compras, embrulhos e malas. …