Retalhos de vidas – Segunda parte Mariazinha e António

  E os dias, os meses e até mesmo mais um ano inteirinho se passaram e António não dava sinais de querer avançar para algo mais sério. As obras na Igreja já tinham terminado e António voltou para Vila Real durante uns tempos. Disse a Mariazinha que precisava de resolver por lá uns assuntos pendentes. […]

Retalhos de vidas – Primeira parte Mariazinha

  Ser feliz é muito difícil, e não é um estado constante pois, tal como a tristeza, a felicidade explode dentro de nós por momentos, como as ondas do mar que vão e vêm sem nunca se repetirem… e se tivermos a sorte de sermos felizes em alguma altura das nossas vidas, quando o somos, […]

Os Rissóis

Clarinha chorava silenciosamente, de pé em cima de um banco de madeira. Sua Mãe, visivelmente transtornada, enchia de farinha com modos bruscos e fazendo muito barulho, uma tigela de barro na banca da cozinha. Havia farinha espalhada por todo lado. E berrava com a filha: “Minha grande burra! Assim nunca mais vais aprender!!”; “Voltas a […]

A Fé

Sexta-feira à tarde. Dia 12 de Maio de um ano já muito lá para trás. D. Alice tinha largado o seu trabalho de Contínua na escola e dirigia-se agora para casa dos Senhores onde costumava fazer arranjos de costura. Essa família tinha um bando de crianças e a necessidade de arranjos de roupa era sempre […]

Desolação

Publicado originalmente em Cristina Sottomayor:
Desolação O dicionário diz que é sinónimo de: Isolamento emocional; Desamparo. Devastação. Ruína. Extrema tristeza. Aflição. Consternação. Corações desolados. Quem os poderá compreender? Quem lhes sabe o que vai lá por dentro? Quem lhes adivinha a perdição? Quem quer ser o amparo de um coração isolado emocionalmente? Quem? Apenas um…

O julgamento do Coração Culpado

  Na véspera do seu Julgamento o Coração não conseguiu dormir. A angústia afugentava-lhe o sono. Ainda o sol não se tinha levantado e já o pobre do Coração, farto de dar voltas, estremeções, cambalhotas e saltinhos para adormecer, decidiu levantar-se e preparar-se para o dia difícil que estava para começar. Quando entrou no Tribunal, […]

A Carta

Esta história é inspirada na infeliz história de vida que nos foi contada a mim e ao meu irmão Miguel em noite de Feiras Novas, no Largo da Havaneza, por um velhinho que dançava o Vira magistralmente, quase sem se mexer… Quase analfabeto, quando trabalhava no Brasil, tinha enviado uma carta à namorada – que […]

O Pirata

Passou-se o que eu vou contar, numa Terça-feira. Tenho a certeza disso porque era o meu dia de folga, o meu dia de descanso. Logo pela manhã, bem cedo, comecei a ouvir alguém a assobiar. Era um assobio diferente dos habituais, intercalado com um berro ininteligível que me soava a qualquer coisa que terminava em  “ata”.  […]