A Promessa ao Coração

 

Não quero isto dentro de mim, sai! Vai-te embora daqui! Não gosto de ti, és traiçoeira. Apareces sempre sorrateiramente, durante a noite, quando acordo, no meu trabalho, como quem goza comigo. Não te quero, já te disse!
Tanta gente para ires afligir, tantas pessoas más, egoístas, mesquinhas e que não têm um pingo de bondade para dar e tinhas logo que embirrar comigo… Maldita sejas, para sempre!
Vai com o vento, afoga-te no mar, arde no fogo do inferno, vai ter com o teu dono, o Diabo, desintegra-te no espaço… mas sai de dentro do meu peito, por favor!
Hei-de escorraçar-te de mim, nem que morra por dentro a fazê-lo! Ressuscitarei qual Phoenix renascida para o mundo, para o meu mundo, onde tu não entrarás, porque eu não vou deixar nunca mais aproximares-te sequer de mim!
És maligna, não és minha, não te quero, some-te de mim!
Larga o meu Coração, desaperta-o, liberta-o dessas tuas garras afiadas! Nós não te queremos, nós não suportamos mais a tua persistência. Quem te deu lugar aqui dentro de mim? Ninguém ! Eu só tenho lugar para o que eu gosto, para quem eu gosto… e não gosto de ti certamente!
Vai, vai-te embora de mim!
Vou usar essa ruindade que me fazes, para ficar mais forte, bem mais forte do que tu, vou expulsar-te daqui de mim…. daqui de dentro do meu Coração.
Não desanimes amigo Coração, a nossa boa hora está prestes a chegar! Para voltarmos a rir, a brincar e a abraçar o mundo inteiro!
Eu prometo-te isso…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s